Oração pelas Vocações

Senhor da Messe, Pastor do Rebanho,Faz ressoar em nossos
ouvidos Teu forte e suave convite:"Vem e segue-me!"Derrama sobre nós o Teu
Espírito,Que Ele nos dê sabedoriaPara ver o caminho,E generosidade para seguir
Tua voz!
Senhor, que a messe não se percaPor falta de operários!Desperta
nossas comunidades para a Missão!Ensina nossa vida a ser serviço!Fortalece os
que querem dedicar-se ao ReinoNa vida consagrada e religiosa!
Senhor, que o
Rebanho não pereçaPor falta de Pastores! Sustenta a fidelidade de nossos
bispos,Padres, diáconos e ministros!Dá perseverança a nossos
seminaristas!Desperta o coração de nossos jovensPara o ministério pastoral em
Tua Igreja!
Senhor da Messe e Pastor do Rebanho,Chama-nos para o serviço de
teu povo.Maria, Mãe da Igreja, modelo dos servidores do Evangelho,Ajuda-nos a
responder: "SIM". - Amém.

VOZES DA IGREJA EM MISSÃO




 “Como o Pai me enviou, assim eu vos envio” (Jo.20,21)      Com este envio de Jesus e com o tema:

Para que nossa Igreja viva em estado permanente de missão, como nos fala o Documento de Aparecida (DAp), é preciso o compromisso e envolvimento de todos os cristãos. Àqueles que têm mais responsabilidade eclesial é mais exigido este empenho. Jesus fala que a cada um é dado dons, vamos colocá-los a serviço.

A missão sempre nos lança para fora de nós, ao encontro do outro   Assim vamos nos unir para viver bem este tempo de graça que o Senhor nos dá.

A Igreja será realmente viva, se o espírito missionário for continuamente cultivado.  

A grande questão colocada para todos nós é que a missão não pode ser uma ocasião, um mês, ou alguns meses, nem mesmo um ano ou alguns anos - a missão deve ser permanente; devemos estar constantemente em estado de missão! Eis o grande desafio que nos é colocado e que o Documento de Aparecida.,

Para executarmos esse trabalho é necessário termos, com ânimo renovado, nossas paróquias “como comunidades de comunidades”, ou então cada paróquia ter a rede de comunidades, que, encarnadas e inculturadas em cada situação de nossa diocese, estarão, no entanto, unidas formando o povo de Deus como o Corpo Místico de Cristo - Ele, cabeça e nós, os membros! Isto  deve fazer parte de nossa missão tanto para dentro de nossas comunidades, indo ao encontro daqueles que nós batizamos, como também levando o nome e a vida de Jesus para todas as pessoas, testemunhando com a nossa vida a beleza do encontro com Ele e, para que, por isso mesmo, sem fazer proselitismos, exista a atração pelo Cristo e sua mensagem.

Nesta mudança de época que vivemos não temos tempo para divisões e necessitamos nos encontrar na unidade e no entusiasmo de nossa vida cristã. Eis a oportunidade, eis o momento propício!

Neste ano, o Papa convoca o Sínodo dos Bispos, o ano da Fé e a comemoração dos 50 anos do Concílio Vaticano II. São motivos que nos levam a despertar com mais ardor o nosso compromisso missionário. Queremos fazer uma caminhada que envolva todas as forças das nossas comunidades.   É importante apoiar este trabalho em todos níveis, os grupos de Infância e Adolescência e Juventude Missionária, as Santas Missões Populares, os Grupos de Animação  


"Legalizar o aborto de fetos com anencefalia, erroneamente diagnosticados como mortos cerebrais, é descartar um ser humano frágil e indefeso", afirma Nota da CNBB
E-mailImprimirPDF
arte2A Conferência Nacional dos bispos do Brasil, logo após a conclusão do julgamento do Supremo Tribunal Federal sobre a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental nº 54, emitiu nota oficial lamentando a decisão. No texto, os bispos afirmam que "Legalizar o aborto de fetos com anencefalia, erroneamente diagnosticados como mortos cerebrais, é descartar um ser humano frágil e indefeso".
Leia a integra da Nota:
Nota da CNBB sobre o aborto de Feto “Anencefálico”
Referente ao julgamento do Supremo Tribunal Federal sobre a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental nº 54

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – CNBB lamenta profundamente a decisão do Supremo Tribunal Federal que descriminalizou o aborto de feto com anencefalia ao julgar favorável a Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental n. 54. Com esta decisão, a Suprema Corte parece não ter levado em conta a prerrogativa do Congresso Nacional cuja responsabilidade última é legislar.
Os princípios da “inviolabilidade do direito à vida”, da “dignidade da pessoa humana” e da promoção do bem de todos, sem qualquer forma de discriminação (cf. art. 5°, caput; 1°, III e 3°, IV, Constituição Federal), referem-se tanto à mulher quanto aos fetos anencefálicos. Quando a vida não é respeitada, todos os outros direitos são menosprezados, e rompem-se as relações mais profundas.
Legalizar o aborto de fetos com anencefalia, erroneamente diagnosticados como mortos cerebrais, é descartar um ser humano frágil e indefeso. A ética que proíbe a eliminação de um ser humano inocente, não aceita exceções. Os fetos anencefálicos, como todos os seres inocentes e frágeis, não podem ser descartados e nem ter seus direitos fundamentais vilipendiados!
A gestação de uma criança com anencefalia é um drama para a família, especialmente para a mãe. Considerar que o aborto é a melhor opção para a mulher, além de negar o direito inviolável do nascituro, ignora as consequências psicológicas negativas para a mãe. Estado e a sociedade devem oferecer à gestante amparo e proteção
Ao defender o direito à vida dos anencefálicos, a Igreja se fundamenta numa visão antropológica do ser humano, baseando-se em argumentos teológicos éticos, científicos e jurídicos. Exclui-se, portanto, qualquer argumentação que afirme tratar-se de ingerência da religião no Estado laico. A participação efetiva na defesa e na promoção da dignidade e liberdade humanas deve ser legitimamente assegurada também à Igreja.
A Páscoa de Jesus que comemora a vitória da vida sobre a morte, nos inspira a reafirmar com convicção que a vida humana é sagrada e sua dignidade inviolável.
Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil, nos ajude em nossa missão de fazer ecoar a Palavra de Deus: “Escolhe, pois, a vida” (Dt 30,19).

Cardeal Raymundo Damasceno Assis
Arcebispo de Aparecida
Presidente da CNBB

Leonardo Ulrich Steiner
Bispo Auxiliar de Brasília
Secretário Geral da CNBB

CHEGANDO NOTÍCIAS

  • FESTIVAL DE PRÊMIOS NO PRIMEIRO DOMINGO DE MAIO EM PROL DA RECONSTRUÇÃO DA IGREJA MATRIZ E OS CARNÊS CONTINUARÁ POR UM ANO NESTA MESMA FINALIDADE.
  • PADRE ANTONIO MARIA ESTARÁ DANDO UM SHOW NO PRIMEIRO sábado DE JULHO EM PROL DA NOSSA RECONSTRUÇÃO DA IGREJA MATRIZ
  • SEGUNDA-FEIRA, 09 DE ABRIL,INICIAMOS O ESTUDO DO DOCUMENTO DE APARECIDA,às 19 horas,NA CASA PAROQUIAL.
  • NESTA QUINTA-FEIRA, 12 DE ABRIL, IREMOS RECOMEÇAR A ESCOLA MISSIONÁRIA DA FÉ, às 19 horas, no SALÃO PAROQUIAL. VOCÊ ESTÁ CONVIDADO E LEVE A SUA BÍBLIA SAGRADA.
  • COPIAS DA CRUZ E  ÍCONE MARIANO DA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE ESTARÃO CHEGANDO EM NOSSA PARÓQUIA NA ÚLTIMA SEMANA DE DEZEMBRO DESTE ANO. ESTA PEREGRINAÇÃO TERÁ INÍCIO ESTE MÊS.
  • EM BREVE O NOSSO BLOG TERÁ UM ESPAÇO PARA PEDIDOS DE INTERCESSÃO DOS VISITANTES E OUTRO ESPAÇO PARA A VEZ E A VOZ DO POVO DE DEUS.
  • QUEM DESEJAR PARTICIPAR DA PASTORAL CARCERÁRIA, PROCURE A SECRETARIA PARA SER ANALIZADO.
  • No mês de Julho próximo nossa Paróquia contará com novos Ministros Extraordinários da Comunhão  Eucarística. Seus nomes já estão escolhidos por necessidade das comunidades.
  • As coletas da Campanha da Fraternidade, bem como da Sexta-feira Santa para os Lugares Sagrados da  Terra Santa, devem ser entregues na íntegra ainda este ^mês a fim de que a Diocese envie para os órgãos competentes. A CAMPANHA DA FRATERNIDADE DE 2013 VERSARÁ SOBRE A JUVENTUDE.
  • Está nascendo com bastante vigor um grupo de Jovens da Comunidade de Sta.Clara da Terra Pometida sob a orientação dos Cenáculos Marianos.
  •  




NOTÍCIAS DIOCESANAS

+  PEREGRINAÇÃO DA JORNADA MUNDIAL DA JUVENTUDE - As paróquias estão organizando caravanas de jovens para a Jornada em 2013 no Rio de Janeiro. Nosso Bispo D.Severino já solicitou a presença de 200 jovens de línguas  portuguesa e espanhola para conviverem em nossoas paróquias antes de irem para esta Jornada.

+ CRISMANDOS - Nosso Bispo D.Severino confirmou que a idade mínima para a Crisma será de 14 anos e  aconselha a não realizaRem primeira-comunhão eucarística nas Esoclas. Caso haja catequese eucarística ou crisma na Escola  que seja com catequistas das paróquias..

+ COLETAS DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE do sábado e Domingo de Ramos devem ser enviadas na íntegra, INCLUSIVE DAS CAPELAS.

+ 10 % DAS ARRECADAÇÕES DAS FESTAS DE PADROEIRAS PAROQUIAIS DEVEM SER ENVIADAS PARA CÚRIA DIOCESANA DE NAZARÉ.

+ OS PADRES NOVOS de ORDENAÇÃO  vão se encontrar com o Bispo no dia 13 de abril, em Nazaré da Mata. Por faixa etária todos os padres encontram-se durante o ano.

+ Seminarista José Roberto que já concluiu os estudos e reside na Residência Episcopal, deverá ser ordenado diácono no próximo 08 de junho de 2012.

+ PADRE ANTONIO MARIA  deu início ao seu processo de Incardinação(PERTENÇA) na Diocese de Nazaré.

+ DOMINGO 15 DE ABRIL - Encontro Diocesano Cultural da Juventude na Paróquia de Buenos Aires.

+ A MISSA DO SANTOS ÓLEOS foi em LAGOA DE ITAENGA em 2013 na Paróquia de Frei Miguelinho

+ 29 de abril , INSTALAÇÃO DA NOVA ÁREA PASTORAL DE VERTENTES DO LÉRIO, paróquia de S.José de Surubim. O administrador será o Pe.Antonio Lucena que deixa a reitoria do Seminário Propedêutico de Surubim.  O novo Reitor deste Seminário será o Pe.Anael que deixa a Paróquia de Lagoa do Carro nas mãos do Pe.Paulo que até então era Vigário Paroquial de Goiana.



SEGUNDO ENCONTRO DA PASTORAL ESCOLAR

Aconteceu na Escola Moura Cavalcanti o segundo encontro deste ano da PASTORAL ESCOLAR. Estiveram presentes 24 representantes das Escolas e a Secretária Muncipal de Educação. O Pároco de Macaparana aprofundou, dentro do tema da Campanha da Fraternidade deste ano, o sentido da Unção dos Enfermos. Logo em seguida foi marcada as noites marianas das Escolas. O próximo encontro será do dia 25 de abril, na Escola Maria Emília.

RETIRO MISISONÁRIO E RENOVAÇÃO DA ALIANÇA DOS CASAIS

Domingo 25 de março, as Paróquias de S.Vicente Férrer e Macaparana realizaram seu RETIRO MISSIONÁRIO.Estiveram presentes 70 paroquianos e futuros missionários. O Padre Edson(Aliança) preparou todos para a SEMANA MISSIONÀRIA que vai acontecer nas paróquias e refletiu sobre o sentido das MISSÕES POPULARES para uma urgente evangelização. Pe. Aluísio(Nazaré da Mata) aprofundou o método da LEITURA ORANTE DA BÍBLIA. Este também esteve no encontro da renovação da aliança dos casais na parte da tarde na Escola Severino Francisco. Além dos dois párocos destas paróquias, contou com a ajuda da récem fundada Comunidade de Aliança da RCC de Macaparana que esteve preparando todo ambiente e alimentação. No último domingo de abril, na parte da tarde, todos missionários ficaram convidados para aprofundar este encontro.

VALE A PENA DIVULGAR !


       

         VIA SACRA PÚBLICA (V.S.) e SEMANA SANTA
Sexta-feira, 24 de fevereiro, 19 horas (V.S.)
CentroatéSta.Rita de Macapazinho
Quarta-feira,29 de fevereiro, 19 horas (V.S.)
Macapazinho até S.Sebastião do Bairro Novo
Quarta-feira, 07 de março, 19 horas(V.S.)
Bairro Novo até Sta.Luzia das Pimentas
Quarta-feira, 14 de março, 19 horas(V.S.)
Pimentas até N.Sra.Aparecida da Rodoviária
Quarta-feira, 21 de março, 19 horas
CELEBRAÇÃO PENITENCIAL
Quarta-feira, 28 de março, 19 horas (V.S.)
Rodoviária até São Miguel de Recanto
Sexta-feira,30 de março, 19 horas (V.S.)
Recanto até Sto.Antonio de Alvorada
Sábado, 31 de março, Após a Missa das 19:30 h
VIGÍLIA DOS JOVENS no auditório da Rádio
celebrando o dia Mundial da Juventude
DOMINGO DE RAMOS, 01 de abril
7:30 – Bênção e Procissão de Ramos do Salão Paroquial até Rádio , Missa (coleta da Campanha da fraternidade)
SEGUNDA-FEIRA SANTA,02 de abril,19 h
PROCISSÃO DO ENCONTRO: N.SRA.DA SOLEDADE (saindo do Salão Paroquial) e BOM JESUS DOS PASSOS (saindo da Capela de Sta.Ana da Fundação Anita MoraesVIA SACRA PÚBLICA Alvorada até o Centro
TERÇA-FEIRA SANTA,03 de abril, 19:00
19:00 - VIA SACRA PÚBLICA DA ALVORADA ATÉ SALÃO PAROQUIAL(volta da cruz)
QUARTA-FEIRA SANTA,04 de abril,19:00
VIA SACRA PÚBLICA TEATRAL em torno da Igreja Matriz
QUINTA-FEIRA SANTA,05 de abril,19:00,
Na frente do Salão Paroquial e Adoração dentro do mesmo
CEIA DO SENHOR com a cerimônia do Lava-pés
(*apóstolos: 12 pessoas da área de saúde)
ADORAÇÃO: (subsídio:Livro dos adoradores próprio das quinta-feiras)
até 21:30 =Apostolado da Oração,Movimentos Marianos,
21:30 = Grupo Terço dos Homens e Pastorais
22:30=Renovação Carismática e Comunidade de Aliança
24:00= Encerramento da Adoração.
SEXTA-FEIRA SANTA,05 de abril,Dia de Jejum e Abstinência de Carne
04:30 – VIA SACRA DO CRUZEIRO
16:00 – CELEBRAÇÃO DA PAIXÃO E MORTE DE JESUS CRISTO (na frente do Salão Paroquial)
Procissão das imagens (N.Sra. e Senhor Morto)
SÁBADO SANTO, 06 de abril,
20 horas = VIGÍLIA PASCAL E MISSA DA RESSURREIÇÃO
Em seguida procissão do ressuscitado(RCC e Comunidade de Aliança)
DOMINGO DA RESSURREIÇÃO
07:30 e 19:00 = Missas da Ressurreição
TARDE DE CONFRATERNIZAÇÃO PASCAL NAS COMUNIDADES E PASSAGEM DO CÍRIO PASCAL


1.        . VISITA AO HOSPITAL, CRECHES E LAR DOS IDOSOS – 1ª. Semana – Apostolado da Oração, 2ª. Semana –Grupo Terço dos Homens, 3ª. Semana – Movimento Marianos, 4ª. Semana – Renovação Carismática e Comunidade de Aliança, 5ª. Semana – Pastoral da Juventude



2.        . MISSA DO ROMEIRO – toda 3ª Quinta-feira do mês– próxima 19 de abril



3.        . MISSA DA GRAÇA – toda última Quinta-feira do mês – próxima 26 de abril



4.        . MISSA COM CRIANÇAS por comunidade –sábado às 15 horas, a combinar com as mesmas



5.        . CELEBRAÇÃO DA PALAVRA com livreto distribuído semanalmente em cada comunidade, e.logo em seguida Escola Missionária da Fé (19 às 21h).



6.        . PASSEIO PASCAL com lideranças – 21 de abril (lugar: JAGUARIBE - PB Comunidade Servos de Maria do Coração de Jesus), saída às 5:30 horas e chegada à noite.

 

7.        . Comunidades com adoração do Santíssimo Sacramento pela parte da tarde:

            Sto.Antonio, São Sebastião, Sta.Clara, Sta.Luzia e N.Sra. Aparecida. Cada uma destas comunidades     recebeu   livros   para Adoração Eucarística. As três últimas terão início no tempo pascal


 O que é a quaresma?

O QUE QUER DIZER "QUARESMA"?
A palavra Quaresma vem do Latim quadragésima e é utilizada para designar o período de quarenta dias que antecedem a festa ápice do cristianismo: a Ressurreição de Jesus Cristo, comemorada no famoso Domingo de Páscoa. Esta prática data desde o século IV.
A Quaresma, que começa na quarta-feira de cinzas e termina na quinta-feira santa com a Missa da Santa Ceia, exclusive, isto é, termina antes da Missa da Ceia, ao anoitecer. Com a Celebração da Missa também chamada de Missa da Instituição da Eucaristia (ou Missa do Lava Pés), inicia-se o Triduo Pascal. Como o periodo da Quaresmas os católicos realizam a preparação para a Páscoa. O período é reservado para a reflexão, a conversão espiritual. Ou seja, o católico deve se aproximar de Deus visando o crescimento espiritual. Os fiéis são convidados a fazerem uma comparação entre suas vidas e a mensagem cristã expressa nos Evangelhos. Esta comparação significa um recomeço, um renascimento para as questões espirituais e de crescimento pessoal.
O cristão deve intensificar a prática dos princípios essenciais de sua fé com o objetivo de ser uma pessoa melhor e proporcionar o bem para os demais. Essencialmente, o período é um retiro espiritual voltado à reflexão, onde os cristãos se recolhem em oração e penitência para preparar o espírito para a acolhida do Cristo Vivo, Ressuscitado no Domingo de Páscoa. Assim, retomando questões espirituais, simbolicamente o cristão está renascendo, como Cristo. Todas as religiões têm períodos voltados à reflexão, eles fazem parte da disciplina religiosa. Cada doutrina religiosa tem seu calendário específico para seguir.
A cor litúrgica deste tempo é o roxo, que significa penitência e conversão.
Cerca de duzentos anos após o nascimento de Cristo, os cristãos começaram a preparar a festa da Páscoa com três dias de oração, meditação e jejum. Por volta do ano 350 d. C., a Igreja aumentou o tempo de preparação para quarenta dias. Assim surgiu a Quaresma.

RESULTADO DO ENCONTRO DAS REPRESENTAÇÕES DAS COMUNIDADES RURAIS E URBANAS NO CARNAVAL


ANO MISSIONÁRIO DIOCESANO NA PARÓQUIA DE N.SRA. DO AMPARO DE MACAPARANA – 2012 – METAS PARA SEREM ATINGIDAS CONFORME  AS ORIENTAÇÕES DA IGREJA PARA DESCENTRALIZAÇÃO E DESPERTAR NOVAS LIDERANÇAS:

1.       ESCOLA MISSIONÁRIA DA FÉ SEMANAL  - Coordenação  ALUNOS DA ESCOLA TEOLÓGICA

v  Organizar na sua comunidade um dia fixo, semanalmente, para um estudo da Palavra de Deus  . Nas comunidades urbanas, anteceder com uma pequena Celebração da Palavra, sendo possível com a distribuição da Eucaristia.

v   O roteiro do estudo será fornecido pela paróquia.

v   As pessoas do estudo serão envolvidas no trabalho missionário da sua comunidade.

2.       TRILHA MISSIONÁRIA – Coordenação do COMIPA

v   Entre os que estão na escola missionária da fé convidar alguns para fazer visitas na comunidade com ou sem o padre.

v   Treinamento com os voluntários antes de assumir as visitas.

v  Pároco agendar um dia na comunidade para visitar as famílias, escolas e fazer reuniões.

3.       LECCIO DIVINA = LEITURA ORANTE DA BIBLIA SAGRADA -

v   Treinar as pessoas individualmente ou em comunidade para fazerem a Leccio Divina.

v   Promover na comunidade a aquisição do livro da Bíblia Sagrada, bem como um curso bíblico pelo Rádio.

4.       GRUPO DE JOVENS ENGAJADOS NA COMUNIDADE – Coordenação da Pastoral da Juventude

v   Promover a constituição e formação dos jovens em cada comunidade.

v   Organizar dia de espiritualidade com o Setor Paroquial da Juventude (jovens de todos os movimentos).

v  Organizar a pastoral estudantil e universitária, através da Pastoral Escolar e Pastoral da Juventude.

v  Mensalmente Missa preparada pelo Setor da Juventude da Paróquia, bem como programa de rádio.

5.       CELEBRAÇÃO DA PALAVRA SEMANAL – Coordenação da Pastoral LITÚRGICA

v   Aos domingos e dias santos nas comunidades rurais realizar a Celebração da Palavra de Deus, sendo possível com a distribuição da comunhão Eucarística.

v   Providenciar por meios mais eficientes a divulgação dos dias da Celebração da Palavra e da Missa.

6.       LITURGIA E CANTO -  Coordenação da Pastoral do CANTO

v   Constituir uma equipe de liturgia e canto na comunidade.

v   Aquisição de instrumentos musicais de percussão para cada comunidade.

v   Participação também nas liturgias na Igreja Matriz.

v   Ensaios dos cantos da missa com a comunidade.

v   Adquirir o material litúrgico das missas nas comunidades: as alfaias (panos), sacramentario, etc.

7.       ENCONTRO DE CASAIS NA COMUNIDADE – Coordenação da Pastoral FAMILIAR

v   Através da pastoral da família promover periodicamente encontro de casais na comunidade.

v   Catalogar os nomes dos casais católicos da comunidade para a paróquia enviar mensagens.



8.       PASTORAL DE INICIAÇÃO CRISTÁ – Coordenação da Pastoral CATEQUÉTICA

v   Cada comunidade deve ter catecismo para todos os níveis de idade.

v   Todo catequizando deve possuir uma Bíblia e um livro de catecismo, para isto criar uma pequena biblioteca católica na comunidade.

v  Organizar melhor o CATECUMENATO BATISMAL (jovens e adultos) por comunidade.

9.       PASTORAL SOCIAL DA COMUNIDADE – Coordenação da Pastoral SOCIAL

v   Escolher um representante da pastoral social na comunidade.

v   Catalogar os nomes dos “pobres mais pobres da comunidade” durante a quaresma para a coordenação paroquial social organizar sua atuação junto aos sofredores.

v   Descentralizar a pastoral da criança organizando as mesmas nas comunidades.

v   Promover cursos profissionalizantes para os adolescentes.

v  Organizar novas pastorais para evangelizar (motoqueiros, padeiros, pedreiros, costureiras, etc.) a partir dos que são católicos.

v  Fundar a Pastoral da Saúde na Paróquia juntamente com os MECEs.

10.   CONSELHO ADMINISTRATIVO E PASTORAL DA COMUNIDADE -Coordenação PASTORAL DO DÍZIMO

v   Constituir o conselho com todos os representantes de atividades em cada comunidade.

v   Na reunião do conselho das comunidades (última quinta-feira, setor urbano, e último sábado, setor rural) cada representante de comunidade deve trazer a ata e o relatório do movimento caixa do mês anterior.

v   A planilha do carnê da reconstrução da Igreja matriz deve ser entregue mensalmente.

v  As coletas e as intenções da missa das comunidades terão fins pastorais e devem ser prestadas contas na reunião mensal do Conselho das Comunidades.

v  Com a criação das comunidades lentamente os dizimistas serão inscritos por comunidade. Assim teremos um relacionamento pessoal com visitas da equipe e cartões dos aniversariantes.

v   Missa com participação dos dizimistas por comunidade.

EVANGELIZAR É A NOSSA MISSÃO

EVANGELIZAR É A NOSSA MISSÃO

Papa Francisco

Papa Francisco